Brasil está entre os cinco países do mundo em que o 1% mais rico recebe mais de 15% da renda total, segundo estudo

Por Isabelle Marie, Estagiária de Comunicação*

Brasília, 25 de janeiro de 2018 - O Brasil é um dos cinco países do mundo – ao lado de África do Sul, Argentina, Colômbia e Estados Unidos – em que a parcela mais rica da população recebe mais de 15% da renda total do país. Isso é o que mostra o estudo dos pesquisadores Pedro Herculano Guimarães e Marcelo Medeiros, do Instituto de Pesquisa Econômica (Ipea), publicado recentemente pelo Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG). Com base nos dados do imposto de renda, os autores do estudo  "A concentração de renda no topo no Brasil, 2006-2014" mostram ainda que a desigualdade não diminui no país no citado período, ao contrário do que se acreditava.

A desigualdade de renda no Brasil é preocupante, porque está muito acima dos padrões internacionais, que é de 12%, destaca o estudo.Os pesquisadores adotaram uma metodologia diferente para a coleta de dados: em invés de utilizar os números das pesquisas domiciliares, como vinha sendo feito até então, eles usaram os dados do imposto de renda.

Os resultados mostram que houve, de fato, alguma redistribuição de renda entre as camadas intermediárias da população brasileira, mas a desigualdade se manteve estável entre os setores mais ricos e mais pobres. Como a renda continua muito concentrada no topo, não houve uma diminuição significativa da desigualdade nesse período. Para Guimarães e Medeiros, os dados do imposto de renda são muito importantes para entender a desigualdade no Brasil.

O estudo completo com os resultados da pesquisa, publicado pelo IPC-IG em inglÊs, está disponível para download em: http://bit.ly/2ncn0xw
Leia também a versão resumida do estudo em: http://bit.ly/2DCSmrV

*Sob supervisão de Denise Marinho dos Santos, Oficial Sênior de Comunicação

Language [pt-br:field:field_languagepage:news:label]: 
Portuguese
Date [pt-br:field:field_datenews:news:label]: 
sexta-feira, January 26, 2018 - 14:00
Slider [pt-br:field:field_slider:news:label]: 
yes